Jamie E Oliver

Jamie E Oliver

Silent percussion project

Abstract:
O “Silent Percussion Project” (SPP) (Projeto de percussão silenciosa) consiste em construir um conjunto de instrumentos musicais computadorizados que usam gestos humanos para controlar sons, compor e apresentar-se com eles em uma tentativa de reincorporar o corpo à prática da apresentação musical. “SPP” é uma resposta à pergunta: que tipos de instrumentos musicais são necessários para a apresentação musical computadorizada ao vivo? Para responder a esta pergunta, ele pesquisa as qualidades estéticas e a linguagem da música eletrônica não ao vivo, sistemas de percepção de ação e novas teorias de mídia para experimentar novas maneiras de superar a lacuna entre gesto e som. Nesse sentido, o “SPP” pretende abordar o problema do controle do som, introduzindo novas técnicas de sensoriamento que aproveitam nossas capacidades motoras. Os instrumentos Silent Drum (tambor silencioso) e MANO analisam formas feitas por mãos e as transformam em fluxos múltiplos de dados contínuos. Esses fluxos, ou variáveis, são aplicados diretamente ao controle do som, evitando o paradigma principal. Dados contínuos são analisados para extrair características distintas dos sinais. As variáveis resultantes da análise são interdependentes, isto é, mudanças em uma resultam em mudanças em outras, criando sistemas complexos que o apresentador aprende pela experimentação. O “SPP” exige perfis híbridos, compositores-artistas-programadores. Em vez de buscar controladores padronizados, ele constrói instrumentos altamente pessoais. Uma composição pode implicar um novo instrumento e vice-versa. Software de fonte aberta e documentação na web estão sendo produzidos para permitir sua construção além do criador original. Essas peças de performance sonora consistem em um conjunto de ambientes concatenados, no sentido de que são espaços sonoros gestuais. Cada ambiente apresenta campos muultidimensionais de possibilidades que podem ser explorados pelo artista. Gestos humanos transformam sons pré-gravados e sintéticos, criando um mundo sonoro eletrônico ao vivo plenamente incorporado e fornecendo ao público uma grande quantidade de informação gestual. O apresentador controla as morfologias sonoras e transições através do material. A opção de estratégia de rastreamento e mapeamentos sonoros são atos composicionais. As peças de Silent Construction (Construção silenciosa) são instrumentos compostos.

Biography:
Atualmente, Jaime Oliver (Lima, Peru, 1979) trabalha em um Ph.D. em música de computador na Universidade da Califórnia em San Diego (EUA). Ele é pesquisador no Centro de Pesquisa em Computação e Artes, CRCA. Sua pesquisa explora o uso dos gestos na apresentação ao vivo de música de computador em tempo real, produzindo novos controladores e composições e estudando o relacionamento entre gesto e som eletrônico. Alguns reconhecimentos incluem bolsas e patrocínios da Fulbright Commission, University of California, Meet the Composer e Ministério da Cultura da Espanha.