The-Life-of-an-Overtaxed-Surface (1)

Vitus Schuhwerk & Till Maria Jürgens

@><#!!! - The Life of an Overtaxed Surface

Abstract:
“@><#!!!" é uma superfície de uma máquina arbitrária que se comunica em um nível emocional com os humanos. Ela tenta dar visibilidade a processos internos por uma alteração de sua estrutura superficial e reagir mediante interação. O resultado é uma manipulação lúdica que começa com uma aproximação cautelosa e movimentos suaves testando as possibilidades. Quando a interação fica mais intensa, a máquina fica sobrecarregada e têm reações mais fortes. No final ela para totalmente, se faz de morta e precisa de uma pausa até o próximo usuário interagir com ela. Essa máquina e sua alteração de forma e estrutura para reagir à interação têm de ser o mais simples e abstratas possível. Então resolvemos usar apenas uma metáfora de uma máquina, sua superfície, um objeto bidimensional. Nós usamos uma chapa com revestimento metálico que ondula muito produzindo estruturas inorgânicas, fortuitas e abstratas interessantes. Padrões simples de movimento enfatizam a abstração. O resultado final simula um objeto vivo com sentimentos, ação e reação. Os usuários lidam com ele de diversas maneiras e pudemos observar um amplo espectro de suas reações: acham atraente ou feio, ou confuso ou atemorizante, ou estranho, pensam em diversos tipos de animal ou que é preciso tomar conta dele e, às vezes, questionam: o que a reação da chapa diz sobre mim, sobre minha interação com ela, sobre meu caráter e condição? Biography: Vitus Schuhwerk estuda na Escola Internacional de Design em Colônia e trabalha como tutor no desenvolvimento de um ambiente de aprendizado digital. Depois de um ano de ampla experiência na Bolívia, ele trabalhou como designer no Grupo Rückenwind. Till Maria Jürgens é assistente de pesquisa na Escola Internacional de Design (KISD) em Colônia, após trabalhar como designer de mídia digital no Pixelpark AG de Colônia e se formar na KISD em Design de Interface. Ele passou um semestre na Universidade de Kyushu no Japão. Nas horas vagas ambos fazem e desenvolvem arte interativa em conjunto, enfocando a interface entre objetos, códigos