Marta Di Francesco

Janus

FILE 2018 | VIDEOART
Festival Internacional de Linguagem Eletrônica

Abstract:
“Janus” é uma peça poética, inspirada no antigo deus do tempo de duas faces, explorando e questionando o efeito do tempo e da memória sobre nossa identidade, conforme o passado e futuro se encaram. Os fios que ligam o passado ao futuro se entrelaçam. Em tempos de transformação política, econômica e social, a instabilidade existencial é inevitável e o conceito de liminaridade é relevante, de forma que a transição é muitas vezes acompanhada pela perda de identidade. Estamos no limiar de uma nova era que será definida pela nossa capacidade de aprender com o passado a fim de avançar ao futuro.

Biografia:
Marta Di Francesco (*1978) é artista visual que atua em Londres. Explora novas estéticas, mesclando poética com programação. Em sua prática, investiga a identidade digital e sua fragmentação, explorando e questionando-a através da sangria digital, tempo de deslocamento, processamento, e através da qualidade escultórica do tempo em estética volumétrica. Durante quase uma década, realizou uma fusão da abordagem conceitual, crítica com a pesquisa de correspondências metafísicas, poéticas entre o corpo, o espírito e o metaverso, escrevendo e criando peças visuais radicais que habitam e atravessam a poesia, a dança e a programação, trabalhando por meio de colaborações multidisciplinares para explorar novas expressões e conversas.